ANDREEYVYD 07/02/2019 10:03h 
Compartilhe
‘No balanço do 'busão', no gingado da sanfona....’ Você já deve ter ouvido esse famoso som, hein?! Brincadeiras à parte, que tal embarcar na Marinete do Forró, em um passeio pra lá de divertido, regado a muito forró, gente divertida e paradas obrigatórias para conhecer os principais pontos turísticos de Aracaju, a menor capital do Nordeste, mas com um clima aconchegante e convidativo.

Antes de iniciar o passeio, vale a dica, protetor solar, boné, chapéu, roupas leves e calçados confortáveis, além de um gingado, para ficar ainda mais familiarizado com o famoso trio pé de serra ‘Bola de Ouro’, que dá o tom, sendo composto por quatro integrantes, um cantor, um zabumbeiro, um sanfoneiro e um triangueiro. E além do trio pé de serra, a presença do casal de dançarinos de forró, são um atrativo à parte.

Para começar o passeio, a gente embarca de um dos mais famosos cartões postais de Aracaju, a Orla de Atalaia, mais precisamente do Oceanário, um projeto em parceria com a Petrobras e o Projeto Tamar, que auxilia na preservação e conservação da vida marinha, em especial uma das espécies de tartarugas muito conhecidas no litoral sergipano, a tartaruga oliva.

A Marinete saí margeando a Orla, e chega à primeira parada, com duração de dez minutos, o 'Calçadão Formosa Aracaju', uma praça construída às margens da Foz do Rio Sergipe, com uma vista exuberante do município de Barra dos Coqueiros. Nesse ponto, os turistas aproveitam para fazer fotos e vídeos, e guardar as recordações.

E a viagem continua, dessa vez o destino é o 'Largo da Gente Sergipana', um espaço com figuras folclóricas de diversos municípios sergipanos, entre eles o Barco de Fogo, conhecido dos festejos juninos de Estância; Parafusos, do município de Lagarto, e os Lambe Sujos e Caboclinhos, do município de São Cristóvão, na grande Aracaju. Aqui a parada também é de dez minutos. Em frente fica o Museu da Gente Sergipana, não está incluso no passeio, mas fica o convite para conhecer as diversas exposições regionais e temáticas, além de poder degustar as delícias típicas do café da Gente Sergipana. O museu funciona das terças as sextas, das 10h às 16h, e aos finais de semana e feriados, das 10h às 15h, a entrada é gratuita, em ambos os espaços.

O Bairro Industrial é conhecido não apenas por ter sido um dos bairros pioneiros no desenvolvimento da cidade de Aracaju, mas também por possuir o 'Centro de Cultura e Arte Chica Chaves', o funcionamento é das terças aos sábados, das 9h às 16h, um espaço onde todos podem aproveitar para curtir o forró pé de serra e comprar produtos artesanais, para incrementar ainda mais o passeio. Nessa parada de vinte minutos,os turistas ficam mais próximos dos artesãos e tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre os diferentes tipos de produtos existentes e comercializados, como o rendendê, bordado, crochê, ponto de cruz e acessórios em couro, além de peças em cerâmica. Os produtos tem preços e gostos variados, o que não é desculpa para deixar ninguém sem uma lembrança de Aracaju. Outro ponto alto da parada, é poder apreciar uma vista panorâmica que tem como cenário a 'Orlinha do Bairro industrial' e suas construções arquitetônicas, e a ponte construtor João Alves, mais conhecida como ponte Aracaju- Barra, uma ligação que convida os turistas a conhecer as praias do litoral norte do estado de Sergipe.

O passeio na Marinete do Forró continua, e agora o destino é o 'Centro Histórico de Aracaju', popularmente conhecidos como 'Mercados municipais ou centrais',  aqui a parada é de vinte minutos, e nada melhor que tomar aquela deliciosa água de coco, e aproveitar para saborear diversas delícias, como a castanha e o amendoim, beijus e se deleitar com a literatura de cordel. Vale lembrar que o funcionamento é das segundas aos sábados, das 6h às 18h.

A penúltima parada da Marinete, tem uma duração média de vinte a vinte cinco minutos, é no 'Centro Cultural de Aracaju', aberto das terças as sextas, das 9h às 17h, e aos sábados das 9h às 13h, o local que já abrigou a antiga alfândega do município, hoje funciona como um museu, que abriga um acervo impresso restaurado e multimídia, além de possuir informações sobre os diversos espaços da capital e símbolos de patriotismo, como as bandeiras. O local faz muita gente relembrar e voltar ao passado com as famosas brincadeiras que eram um sucesso, entre elas, o mamulengo de cheiroso, bola de gude, peteca, ioiô, e o carrossel de Tobias.

E quem pensar que o passeio acabou, está enganado, a última parada do dia, tem duração de dez minutos, e é na ‘Rua do Turista’, antiga ‘Rua 24 horas’, um espaço recheado de artesanatos, e uma imensa variedade de produtos, desde panos de pratos até materiais mais trabalhados, como redes e mantas, o local funciona no centro da capital, nas proximidades da Catedral Metropolitana de Aracaju. Funciona das segundas as sextas, das 8h às 18h, e aos sábados, das 9h às 13h.

A partir de agora o passeio turístico na Marinete do Forró está sim chegando ao fim, depois de passear por tantos pontos turísticos e conhecer um pouco da cultura local, o que fica são as recordações. Durante o percurso da volta, você ainda pode aproveitar o pôr do sol e degustar as delícias regionais na ‘Passarela do Caranguejo’. Até a próxima!

P.S.: O passeio é totalmente gratuito.

Caso queira fazer sua reserva procure uma das nossas consultoras na loja do Portal de Reservas, que fica localizada na Avenida Santos Dumont,1530, Atalaia, ou através do link: https://www.portaldereservas.com.br/passeios/passeio/39



Palavas-chaves: Aracaju, Citytour, Forró, Marinete, Marinete do forró